quinta-feira, 17 de julho de 2008

O CATURRITA



(Foto cortesia - Jorge, do Bar Gre-nal)
..................................................................
Este é o Grêmio Esportivo Internacional, ou simplesmente o Inter, tradicional Clube de Futebol da nossa cidade.
Na foto, nomes reverenciados pelo Pedro Bittencourt na crônica escrita há quarenta anos, e que será publicada no sábado - Dia do Futebol.
Nomes como os de Arlem, Tritri, Casquinha, Dante, e outros que fizeram a história do futebol local.

3 comentários:

Márcio Santos disse...

Ola pedro jaime bittencourt jr,
passei só para deixar um recado,
aqui é o filho do duquinha
visitei seu blog está muito
legal, parabéns que vc tenha muito sucesso com seu blog,só falta uma pessoa que jogava muito, meu pai o Duquinha espero que DEUS abençõe
vc eternamente,com muita saúde para vc.
xau
fuiiiiiiiiiii

Pedro Jaime Bittencourt Junior disse...

Valeu, Márcio.
Bom ver a tua participação aqui na página.
Estava de viagem e com muito trabalho, por isso só agora respondo.
Tem um detalhe: o teu pai, meu amigo Duquinha - grande camarada, figura de destaque na nossa comunidade - chegou a jogar futebol comigo, e tinha o apelido de Tadeu, um meia que jogou no Grêmio do Telê Santana, no final dos anos 70.
Os admiradores do Duquinha dizem que o apelido era pela cerebralidade, pela inteligência do Tadeu; já os detratores afirmam que era pela calvície, acentuada nos dois...
Quem tem razão??? Pergunta pra o próprio Duquinha, já que nesse "desempate" eu não me meto, e, portanto, também fuiiii!!!
Abraço, e até a próxima jornada com aquele bando de malucos da Difusora, um dos grandes prazeres que vivo, atualmente.
Aparece no blog.

Pedro Jaime Bittencourt Junior disse...
Este comentário foi removido pelo autor.